>
Tiradentes é o Cão
  • Sorriso escroto
    Sorriso escroto
  • Não foi só um pouquinho de sangue
    Não foi só um pouquinho de sangue
  • Tá fugindo de quê?
    Tá fugindo de quê?
  • Abra a boquinha...
    Abra a boquinha...
  • Bem vindo ao inferno
    Bem vindo ao inferno
  • É só um pouquinho de sangue
    É só um pouquinho de sangue

Tiradentes é o Cão

Para muitos ir ao dentista se configura em verdadeira tortura. Participar de um momento desses não sendo paciente ou dentista é ser voyeur de momentos de tensão. Pacientes que não são acostumados desde criança a ir periodicamente fazer revisões periódicas não estão acostumados com o nome dos tratamentos e nem com os instrumentos que serão usados.

Qual não deve ser o pânico de uma pessoa não ambientada ao escutar de um dentista: desse jeito, sem a sua ajuda, terei que usar o fórceps para conseguir trabalhar. Além de existir o pânico do paciente existe o sadismo do dentista que ao perceber o medo do paciente insiste em repetir: com esse estrago só usando a broca para recuperar esse canal. Ao paciente horripilado restam duas possibilidades, ou morre com a boca podre ou padece nas tentativas de um “sorriso Colgate”.

gabriel_07062010_04

Elizabeth Villas Boas

elizabeth_11062010_06

Gabriel A. Pires

Comentários