>
Rondozó Ewé
  • Olhar aprendiz
    Olhar aprendiz
  • Chamada
    Chamada
  • Corpo fechado
    Corpo fechado
  • Janela para passado
    Janela para passado
  • Para quem tem fé
    Para quem tem fé
  • Dois mundos
    Dois mundos

Rondozó Ewé

Terra, fogo e folha são os elementos que fortalecem as divindades do terreiro Sogboadan e também vestem suas estruturas.

Para cada orixá um espaço na casa, identificados pelos assentamentos com jarros em barro (quartinha), pelas contas e pelas cores. O centro das energias vem da força de Sobó, representado na cumeeira da casa onde mantém sua proteção. Se apresentam na parte externa do terreiro o santo Omolú para cura e as doenças e Tempo para o próprio tempo.

A crença em muitos deuses permite um dinamismo no comportamento bem definido dos adeptos, fundidos na dança ritmada pelos batuques de atabaques do povo Jeje reunidos em uma das quatro casas dessa nação africana na cidade do Salvador. Cultuam suas festas com Rum e Ajeum, caracterizados pelos Vodun’s nascidos e personificados nos filhos do Pai Zé de Gbessen. Este que identifica, energiza e que guia os caminhos dos, então, iniciados na religião. É dele também o olhar de dois planos – o corpo e o incorporado – que dançam sob seus cânticos na terra pisada do barracão.

luanda_cora_29112010_02

Nara Luanda

Comentários