>
Obra sem número opus
  • The cat on a yellow pillow, Franz Marc
    The cat on a yellow pillow, Franz Marc
  • Os amantes, René Magritte
    Os amantes, René Magritte
  • Three pairs of shoes, Vincent Van Gogh
    Three pairs of shoes, Vincent Van Gogh
  • As raízes, Frida Kahlo
    As raízes, Frida Kahlo
  • O grito, Edvard Munch
    O grito, Edvard Munch
  • Nord-Sud, Joan Miró
    Nord-Sud, Joan Miró

Obra sem número opus

No fim do século XIX os estudos de Freud revolucionaram toda a análise da sociedade. A ciência, a filosofia, e a religião tiveram que se adaptar a esse novo homem proposto por Freud, um homem com inconsciente, desejos ocultos e traumas. E a arte, como uma das maiores formas de expressão utilizada pelo homem, não poderia sair ilesa dessas mudanças.

Dentre os diversos movimentos artísticos influenciados pelas ideias do pai da psicanálise, nós iremos destacar dois: o surrealismo e o expressionismo. O primeiro trata principalmente a expressão do inconsciente e o segundo busca refletir o mundo interno do artista, dando origem a obras mais individuais e subjetivas.

Desta forma, trazendo a releitura livre de seis destas obras, sendo três de cada movimento, nós convidamos o expectador a passear por esse mundo obscuro do subconsciente. Indo desde clássicos como o quadro surrealista “O grito”, até quadros menos conhecidos, como o expressionista “The cat on a yellow pillow” de Franz Marc.

tais_01102010_01

Monique Aguiar

monique_tais_01102010_01-2

Taís Santana

Comentários