>
O café nosso de cada dia
  • Café com pão é tradição
    Café com pão é tradição
  • Aguardando o movimento
    Aguardando o movimento
  • Parada obrigatória
    Parada obrigatória
  • Aquele velho companheiro
    Aquele velho companheiro
  • Um cafezinho para começar o dia
    Um cafezinho para começar o dia
  • Trinta centavos para espantar o sono
    Trinta centavos para espantar o sono

O café nosso de cada dia

Desde o período colonial o café esteve presente na rotina do povo brasileiro. Naquela época, a bebida era símbolo de intelectualidade, sendo a favorita para acompanhar discussões filosóficas e científicas, mas com o passar do tempo foi se popularizando até se tornar parte do cotidiano e até um hábito da maioria dos habitantes do Brasil.

Nos últimos anos, o café tornou-se companheiro fiel de brasileiros de todas as etnias, idades e classes sociais. Muitos o consideram um bom acompanhamento, outros o utilizam como maneira de se manter acordado para uma longa noite de trabalho, mas é certo que para grande parte dos brasileiros, o dia não começa bem sem o típico cafezinho.

O ritual do café nem sempre acontece em casa, ou de manhã cedo. Pode ser uma pausa na hora do trabalho, ou pode ser o tira-gosto após o almoço. Onde passamos o café nos acompanha. Ele está nas esquinas, sendo vendido em carrinhos ornamentados ou em banquinhas simplórias. Ele está na padaria, sendo apreciado por um jovem operário ou por uma senhora aposentada. Não importa o lugar onde o cafezinho é vendido, por quem ele é consumido, se é com leite ou se é preto, ou qual lanche ele acompanha, o fato é que essa bebida há muito se tornou um elemento da cultura brasileira.

debora_24092010_01

Genilson Alves

genilson_24092010_01

Débora Borja

Comentários