>
As janelas nas vidas
  • Lá vem ela
    Lá vem ela
  • Lá vem ele
    Lá vem ele
  • Esperando aquela hora chegar
    Esperando aquela hora chegar
  • Parar pra pensar
    Parar pra pensar
  • Esperando a hora pra acabar
    Esperando a hora pra acabar
  • É só o mundo lá fora
    É só o mundo lá fora

As janelas nas vidas

As janelas possuem um número incontável de simbologias e funções, sendo construídas a partir da idéia de que se exista uma conexão do mundo interno com o que está lá fora. E é partindo de toda essa simbologia que elas carregam que este ensaio registra alguns dos inúmeros momentos onde a janela participa na vida das pessoas, criando signos que são encontrados em situações diversas e adversas.

A reflexão que se faz após a leitura das cenas é a carga infinita de situações, significados e funções que este objeto que é a janela pode alcançar. O amante que corre do marido, o cão que age como humano, janelas despedaçadas, tudo isso mostra as adversidades em que se encontram as janelas.

As janelas sempre estiveram presentes de diversas formas na sociedade, tanto em formas e cores, quanto em funções diferentes. O que as une é o fato de todas separem dois ambientes, que se interligam apenas por essa brecha, funcionando como um portal entre os dois mundos. Reflexo disso é o jogo de transição “de fora para dentro” que aparece nas fotos.

inaki_27092010_03

David Barros

david_29092010_01

Iñaki Larrañaga

Comentários