>
Sentidos ocultos
  • O tato de uma química para além da ciência
    O tato de uma química para além da ciência
  • A busca do sentido
    A busca do sentido
  • Nos olhos se concentra a turba dos sentidos
    Nos olhos se concentra a turba dos sentidos
  • Palavras silenciosas de ruído
    Palavras silenciosas de ruído
  • Inodor Aromático
    Inodor Aromático
  • O gosto do cheiro
    O gosto do cheiro

Sentidos ocultos

Tudo que experienciamos com nosso corpo é o que dá substância a nossa existência. Os cheiros, as imagens, as texturas, os volumes, os espaços, os sons, os gostos permitem-nos conhecer o mundo. Apesar de independentes, os sentidos estão interconectados, uns remetem aos outros.

Mesmo quando fantasiamos, sonhamos, criamos e, a princípio, estamos “desconectados” dos estímulos do corpo, não estamos. Os sentidos ocultos aparentemente não são considerados como tal, por fugirem das suas funcionalidades convencionais. Sentir o aroma da mais pura água, ouvir o som do silêncio, saborear a doçura do sal… Quando o conseguires, irás te descobrir.

Raissa Biriba

Raissa Biriba

Ticiana Figueirêdo

Ticiana Figueirêdo

Comentários