>
Incomunicabilidade
  • “Tem alguém aí…”
    “Tem alguém aí…”
  • A opressão cavalgando a indiferença
    A opressão cavalgando a indiferença
  • і La violencia es tan hermosa !
    і La violencia es tan hermosa !
  • E = ixnxcxoMxuxnixC² xabxixlidxaxdxe
    E = ixnxcxoMxuxnixC² xabxixlidxaxdxe
  • “Brazilihãããããn???”
    “Brazilihãããããn???”
  • “…olho de thundera/ tá ligado em tudo/ vê maldade nas coisas do mundo…”
    “…olho de thundera/ tá ligado em tudo/ vê maldade nas coisas do mundo…”

Incomunicabilidade

Haaaaaaaaaaaaaaaaa!!!! Listen motherfucker!!! Wachen sie sohn eines weibchens auf – Você está entendendo o que eu estou querendo dizer?? Você está disposto a abrir mão das coisinhas ínfimas do seu mundinho, que te fazem tão feliz, pra me entender? Desligue essa música, olhe o que acontece ao seu redor e com as pessoas que cotidianamente você ignora. Abstraia os números e tente enxergar além desta equação linear, que lhe consome tanto, como um câncer silencioso.

Saia deste mundo tão racional em que você se isola, no qual o seu egoísmo tacanho alimenta sua própria solidão. Numa autofagia constante do homem contra o próprio homem. De quem é o sexo que você faz? Somente seu? É digno esse hedonismo desvairado que sufoca a individualidade do outro, em privilégio do seu individualismo traiçoeiro?

andre_70-x-100.jpg

André Uzêda
bruno_70-x-100.jpg

Bruno Villa

2007.1

Comentários