>
Ah hannn, te peguei!
  • Começando pelos homens, e ai?
    Começando pelos homens, e ai?
  • Essa também vale para as mulheres, todo mundo faz...
    Essa também vale para as mulheres, todo mundo faz...
  • Se você nunca fez, já ficou sabendo...
    Se você nunca fez, já ficou sabendo...
  • Tá legal...Só falta perder mais 2 quilinhos...
    Tá legal...Só falta perder mais 2 quilinhos...
  • Não, claro que você não faz isso...
    Não, claro que você não faz isso...
  • Ahhh! Vai dizer que você nunca cantou no chuveiro?
    Ahhh! Vai dizer que você nunca cantou no chuveiro?

Ah hannn, te peguei!

Todo ser humano é único. Cada pessoa é um ser dotado de especificidade, diferente, especial e blá blá blá… Esse discurso já ta meio cansativo, vamos combinar. A gente escuta isso desde criança e não temos visto muito resultado. Fato é que todo ser humano tem manias, todo ser humano tem segredos, todo ser humano tem desejos, que apesar de aparentemente singularizar ainda mais os indivíduos, na verdade, os iguala.

O inverso. Nada de mostrar que todo mundo é especial, diferente e coisa e tal. Vamos buscar o que iguala esse bicho sem jeito que é o ser humano. Aquele tipo de situação constrangedora, que alguém morre de vergonha de fazer na frente de outra pessoa, mas que quase todo mundo, ali, escondidinho, à surdina, faz. Nós apenas armamos o flagrante.

É uma espécie de espelho involuntário, de imagens congeladas. Eu aposto que estas lhes são familiares. Quer ver?

alvaro100×70_1.jpg

Álvaro Andrade

rafael110×70_1.jpg

Rafael Mello

2007.1

Comentários