>
A incoerência é a mãe da liberdade
  • Sem título
    Sem título
  • Sem título
    Sem título
  • Sem título
    Sem título
  • Sem título
    Sem título
  • Sem título
    Sem título

A incoerência é a mãe da liberdade

O ser humano é incoerente, contraditório, equivocado por natureza. Para as pessoas se comportarem de maneira coerente, as condições em que elas vivem devem ser todas coerentes entre si. Isto é algo provavelmente impossível. A coerência é uma exigência humana e não uma exigência da natureza. O comportamento não tem a mínima obrigação, com a realidade, de ser coerente.

Aqui retratamos seres humanos na posse do que há de mais humano em nós: a fraqueza. Incoerência é dizer “sim” com o olhar, e “não” com a boca.
Será sinônimo de mentira? É uma possibilidade.

Rebeca Capanema

Rebeca Capanema

Savana Caldas

Savana Caldas

2007.2

Comentários