>
Vogue Underground
  • 1940
    1940
  • 1950
    1950
  • 1960
    1960
  • 1970
    1970
  • 1980
    1980
  • 1990
    1990

Vogue Underground

Anatomia e forma exploradas em preto, branco e cinza. Nestas três tonalidades revive
a sensualidade feminina duma maneira não muito óbvia, sugestiva ou explícita. Ao rememorar Horst e Hoyningen-Huene,
penetramos incipientemente as capas quase inalcançáveis da Vogue.

Sorrir, ruborizar, inventar. Em cada pose existe uma dose de doação. E, em cada doação, toda dedicação possível, quase unânime, mesmo que não recomendável.

Assim cresceu a nossa adoração pelo tripé foto – fotografia – fotografado, não esquecendo de mencionar a, também tríplice, aliança de suporte da produção: intimidade, entrega e criatividade.

Nestas poucas linhas existe um resumo sobre a metalinguagem fotográfica, por nós experienciada.

Vogue: uma dica.

Paixão, imanência e devaneio concreto, resultando em imagens e expressões comunicadas num papel: a descoberta.

Foto: Emilly Dias

Emilly Dias

Foto: Fabiana Guimarães

Fabiana Guimarães


2006.1

Comentários