>
A sangue frio
  • Sem título
    Sem título
  • Sem título
    Sem título
  • Sem título
    Sem título
  • Sem título
    Sem título
  • Sem título
    Sem título

A sangue frio

Ao longo da história centenas de crimes foram praticados sem que houvesse qualquer sentimento de culpa por parte dos seus executantes, sendo possível que muitos destes delitos tenham sido realizados sem motivos aparentes que resultassem nas formas de violência decorrentes das ações dos infratores que os cometeram.

Truman Capote baseia-se nesse aspecto para definir o comportamento de Perry Smith, autor de quatro assassinatos que inspirou sua mais famosa e última obra, de título “A sangue frio”.

De acordo com as mais variadas interpretações que estas palavras podem oferecer, seria injusto ficar preso somente aos crimes sórdidos. Sendo também com “sangue frio” que médicos e bombeiros conseguem salvar vidas e com a mesma frieza saciamos a fome tirando a vida de algum animal ou nos submetemos às verdadeiras seções de tortura em nome da vaidade. Á sangue frio, muita gente tira a própria vida… E tem aqueles que tiram a vida alheia.

Existem outros profissionais, tais como os jornalistas, que se utilizam da perspicácia inerente à profissão e sem hesitar passam por cima dos seus medos e tudo que lhes causam repugnância, para cobrir matérias que são de “embrulhar o estômago”, com o real sentido da palavra.

Só com muito sangue frio foi possível realizar este trabalho.

Foto: Juliana Souza

Juliana Souza

Foto: Thiago Pereira

Thiago Pereira


2006.1

Comentários